Letras das Músicas

The Ridge
A Serra

A garota sagrada está em nosso foco
Ela é a história de nós todos
Ela pode sentir nossos olhos sobre ela
E a esperança de que ela irá cair

À esquerda dela, tão quente e doce
Como um ciumento amante amigo
À direita dela, como uma íngreme, fria e solitária escalada
As ameaças de rejeição aglutinadas
E os pensamentos sobre as suas imperfeições

Ela diz que ainda não está em nenhum lugar próximo ao fim
E não dá quaisquer garantias
Ela está confortável com sua falha
E seu sangue pode um dia congelar
E em seu esforço iodado
Seus olhos recuam e reviram
Ela sabe que agora está aonde nada pode alcançá-la
Além do que você é capaz de ver
Além de onde ela quer estar

Ela anda pela serra
Com os olhos tão pungentemente vidrados
Você não pode encontrá-la agora
Você não pode falar com ela agora
Ela está indo embora novamente

Um dia ela foi uma criança
Ela podia de alguma forma tocar o sol
Ela estava segura nos braços da galáxia
E aquela criança está com ela agora

E em seus momentos cobálticos
Ela mostrará que está com medo
Suas mãos alcançam você e o seguram firmemente
Mas ela está caindo logo depois
Caindo logo depois rapidamente no escuro
como se este fosse tão escorregadio como manteiga

Ela anda pela serra
Com os olhos tão pungentemente vidrados
Você não pode encontrá-la agora
Você não pode falar com ela agora
Ela está indo se distanciando novamente

Agora ela está caminhando para a frente vagarosamente
Através do jardim que você não pode conhecer
Sua dança tão linda tão retorcida
Uma rodopio louco na neve

Ela tem um buraco negro lá dentro junto com ela
Ela também tem o sol todinho lá dentro
Eles são seus parceiros na sua dança eterna
Ela não está consciente do tempo se movendo além dela
Ela não está consciente de mais nada além

Ela anda pela serra
Com os olhos tão pungentemente vidrados
Você não pode encontrá-la agora
Você não pode falar com ela agora
Ela nunca chorará de novo

® 1997-2017 InSoc Brasil - www.insoc.com.br - Desenvolvido por InWeb Internet