Álbuns
Novidades Áudio Letras Fotos Links Diversos Contato

Information Society

01. WHAT'S ON YOUR MIND (Pure Energy)
02. TOMORROW
03. LAY ALL YOUR LOVE ON ME
04. REPETITION
05. WALKING AWAY
06. OVER THE SEA
07. ATTITUDE
08. SOMETHING IN THE AIR
09. RUNNING
10. MAKE IT FUNKY

Produção:

  • Produção: Fred Maher, Paul Robb e Kevin Laffey
  • Samples: Kurt Valaquen
  • Mixagens: Roey Shamir, Fred Maher, Joey Gardner e Louie Vega
  • Engenheiros de Mixagem: Chopper Black, Roey Shamir, Eric Calvi, Jon Smith, Oz Fritz e Angela Piva
  • Masterização: Herb Powers
  • Edições em Running: Tony Moran e Albert Cabrera
  • Direitos de Star Trek: Paramount Pictures Corporation

Kurt Harland Valaquen, Paul Robb e James Cassidy se encontraram pela primeira vez em 1981, em sua cidade natal, Minneapolis. Como toda banda no início, é normal tocar músicas já existentes de outros grupos e fazer os primeiros ensaios de novas música. Numa época em que a música eletrônica ainda começava a despontar, o grupo, que ainda não possuía o nome de Information Society, começou a gravar suas primeiras músicas em esquema independente. Em 1982, lançaram um mini-LP (EP), com cinco músicas. Gravaram também outras coisas que não foram divulgadas.

Em 1984, lançam um álbum chamado Creatures of Influence, com algumas músicas, que não vendeu nada e foi considerado um fracasso comercial. O álbum, atualmente, é considerado uma raridade.

Em 1985, lançam um compacto com a música Running. Esta sim, um grande sucesso de pista, de crítica e nas rádios de todo o mundo. Ainda em 1985, a revista Rolling Stone deu o prêmio Revelação para a banda e a revista Spin considerou Running a melhor música do ano no gênero. Fizeram uma turnê da metade de 1985 até o início de 1986. Na época, a banda, já com o nome de Information Society, contava com os vocais de Amanda Kramer, que, por incrível que pareça, tocava piano clássico e harpa e trabalhou com diversas bandas principiantes. Quando saiu do InSoc, tentou iniciar uma carreira solo e acabou trabalhando em projetos como o 10,000 Maniacs.

Em 1987 assinam um contrato com a gravadora independente Tommy Boy. Lançaram o hit What's on Your Mind que logo pegou terceiro lugar nos EUA. Aí começaram a tocar as músicas deles uma atrás da outra: Repetition, sucesso entre as músicas mais românticas e Walking Away, que pegou nona posição nos EUA. O álbum Information Society chegou ao Top 5 americano. Com isso, o InSoc começou a ser conhecido em todo o mundo. Nos shows deste álbum, já sem a Amanda, Sally Berg detonou na bateria e teclados.


Hack

01.0. SEEK 200
02.0. HOW LONG
03.0. THINK
03.1. WENN WELLEN SCHWINGEN
04.0. A KNIFE AND A FORK
04.1. R.I.P.
05.0. NOW THAT I HAVE YOU
06.0. FIRE TONIGHT
07.0. CAN'T SLOW DOWN
07.1. T.V. ADDICTS
08.0. HARD CURRENCY
09.0. MOVE OUT
09.1. CP DRILL KKL
10.0. MIRRORSHADES
10.1. WE DON'T TAKE
11.0. HACK 1
11.1. CHARLIE X
12.0. IF ONLY
13.0. COME WITH ME
14.0. SLIPPING AWAY
14.1. HERE IS KAZMEYER
15.0. CHEMISTRY

OBS: Na verdade, as músicas terminadas com '1' não são músicas, e sim samples entre faixas.

Produção:

  • Produção: Fred Maher, InSoc e Kevin Laffey
  • Mixagem: Bob Rosa, Fred Maher e Paul Robb
  • Engenheiros: Lloyd Puckitt, Fred Maher e Bob Rosa
  • Assistentes: Debbie Cornish, Dana Vlcek e Paul Berry
  • Músicas: Paul Robb, Kurt Harland e Fred Maher
  • Vocais: Kurt Harland e James Cassidy
  • Backing Vocals: Nocera e India
  • Midi: InSoc e Think Tank

Sempre utilizando-se de samples loucos, como a de Jornada nas Estrelas (do Dr. Spock ("Pure Energy"), Dr. MacCoy ("It's worked so far but we're not out yet") e do Capitão Kirk ("It's useless to resist us"), o que quase gerou um processo por parte da Paramount Pictures, salvo por Leonard Nimoy) e até de Roger Rabbit ("Please, Please, Please!"), o InSoc preparou com muito carinho seu segundo álbum, Hack, em 1990, produzido por Fred Maher (o mesmo de New York de Lou Reed), agora sem regravações (lembre-se que Lay All Your Love on Me originalmente é da banda Abba).

Mostrando sempre a influência de bandas como o Kraftwerk, Gary Numan, Yello, DAF, Devo e até KC and The Sunshine Band e James Brown, o novo álbum já implacou logo de cara com a música Think, e também o top 30 americano. Em 1991, fazem grandes shows pelo mundo, incluíndo o Rock in Rio. onde fazem todo o Maracanã cantar. Em agosto do mesmo ano, desembarcam no Brasil e realizam a maior turnê já realizada aqui, percorrendo mais de 20 cidades de norte a sul do país, acompanhados do baterista Ed Worzniak e da tecladista Sherry Heart.

Ainda, com este mesmo álbum, o InSoc disparou nas rádios as músicas Slipping Away, que fez parte até de trilha de uma novela da Rede Globo, e também Come With Me, música que tocou em apenas alguns estados na região Norte e Nordeste, e Rio de Janeiro.


Peace & Love, Inc.

01. PEACE & LOVE, INC.
02. GOING, GOING, GONE
03. TO THE CITY
04. MADE TO BE BROKEN
05. STILL HERE
06. 1,000,000 WATTS OF LOVE
07. WHERE WOULD I BE WITHOUT IBM
08. TO BE FREE
09. IF IT'S REAL
10. CRYBABY
11. WHERE THE I DIVIDES
12. 300BPS N, 8, 1

OBS: Como White Roses no novo álbum, 300BPS N, 8, 1 também é uma faixa de modem, que pode ser "lida" da mesma forma que White Roses (veja explicação na sessão Diversos).

Produção:

  • Produção: Mike Thorne, Joey Beltram, Paul Robb e Eric Kupper
  • Engenheiros: Mike Thorne, Jason Appleton, John Wall, Hover Le, Mario Rodrigues, Axel Niehaus, David French, Matt Hathaway, James Alfano e Laura Janisse
  • Mixagens: Carl Beatty e David Sussman
  • Vocais: Munble Pegg, Buddy Ponycat, Debbe Cole, Kurt Harland, James Cassidy, Cheryl Robinson e Emil Schult
  • Masterização: Tony Dawsey, David Olivier e Robert Olivier

Peace & Love, Incorporated é o terceiro álbum lançado pela banda (se não considerarmos o Creatures of Influence), pela Stilleto, em 1992. A música de estréia, com o próprio nome do álbum, toca com facilidade nas rádios de todo o país, porém, sem tanta repercussão pelo mundo. O clip desta música foi muito bem cotado na MTV brasileira, da mesma forma que outros hits como Think e How Long, embora o clip não tenha sido mostrado na MTV americana (o Kurt ficou surpreso ao saber que P&L tinha tocado na MTV daqui - você pode conferir o clip no CD de dados do álbum Don't Be Afraid americano).

Peace & Love, Incorporated já não possui tantos samples como os dois primeiros álbuns (em especial o segundo). Podemos considerar um álbum mais "comportado", mais no estilo que chamamos "álbum comum". Porém, podemos perceber que algumas músicas começam a sair do estilo inicial do InSoc: é o caso de Made to Be Broken e Strength, que não saiu no álbum.

Depois do sucesso de Peace & Love, Incorporated, o álbum emplaca mais um sucesso: Crybaby, uma música no estilo Repetition e Slipping Away, que pôde ser encontrada em álbumas coletânias da época. Após a música Crybaby, a banda desapareceu. Fez mais alguns shows e ficou "oculta" em 94, 95 e 96 (um show no Brasil em 96 praticamente não teve divulgação). Muitos fan-clubes desapareceram. Muitos acharam que a banda tinha morrido, pois com a mudança de estilo, percebida principalmente em 95, o InSoc ficaria meio "perdido". Mas não é bem assim que aconteceu...


Don't Be Afraid

01. EMPTY 3.0
02. CLOSING IN 2.0
03. ON THE OUTSIDE 2.1
04. ENDING WORLD 1.1
05. SEEK300 2.11
06. THE SKY AWAY 2.0
07. ARE 'FRIENDS' ELECTRIC? 2.0
08. OZAR MIDRASHIM 1.1
09. THE RIDGE 1.1
10. WHITE ROSES 1.0 300 8-N-1

OBS: White Roses aparece no CD como uma faixa de modem, a música em si esteve disponível na Internet durante os anos de 97 e 98. Atualmente é possível achá-la em mecanismos de busca de MP3s.

Produção:

  • Faixas 1, 2, 3, 4, 6 e 9 gravadas no estúdio de Steven Seibold
    Faixas 5 e 7 gravadas no estúdio de Fred Maher
    Faixas 8 e 10 gravadas no estúdio de Kurt Harland
  • Todas as músicas escritas por Kurt Harland
    Exceto a música Are 'Friends' Eletric? 2.0 escrita por Gary Webb
  • Gritarras por Steven Seibold e Fred Maher
  • Bateria por Steven Seilbold
  • Vocais de The Sky Away 2.0 por Rachel Girard
  • Programação por Kurt Harland e Steven Seibold

Don't Be Afraid é o primeiro álbum a ser lançado após a saída de Paul Robb e James Cassidy da banda. Com um ar mais dark, Don't Be Afraid, totalmente produzido por Kurt Harland (vocalista e único integrante) e por Steve Seibold, é bem diferente do que conhecemos nos 3 primeiros álbuns: existem partes onde Kurt "conversa" com quem escuta a música, acompanhado por sons de gatos miando, motores de carros, sirenes, meninas falando como em filmes de terror e todo o tipo de samples que tornam as músicas voltadas para um estilo meio macábro.

O álbum vem acompanhado de um CD-ROM, com fotos dos componentes da banda, pequenos filmes do carro do Kurt (aquele sem o banco de trás), o videoclip da música Peace & Love, Inc., programas de computador e muitas coisas enviadas pelos fans. Também possui 2 dos 16 pedaços da música White Roses, que não é encontrada no álbum (apenas uma trilha de modem pode ser ouvida na faixa 10).

O álbum sai no Brasil em 99 com pouca tiragem. Foi produzido pela Stiletto Records um DBA brasileiro, que possui algumas músicas do álbum original mais três remixes, produzidos por DJs daqui. Além disso, a versão brasileira de Don't Be Afraid não possui o CD-ROM, porque, segundo o próprio Kurt, poucos brasileiros possuem computador com CD-ROM em casa (ou, financeiramente dizendo, o álbum sairia caro demais por aqui). Conclusão: para ter as músicas originais, é necessário importar o CD. O álbum, nos Estados Unidos, custa U$ 17,00.


Existem outros álbums (coletânias) com músicas do InSoc, como você verá na sessão Diversos.

® 1997-2017 InSoc Brasil - www.insoc.com.br - Desenvolvido por InWeb Internet